Um encanto de cítrico

BERGAMOTA

Revigorante e reconfortante, o óleo essencial de Bergamota possui uma beleza perfumada única entre os cítricos, a combinação de seus componentes aromáticos cria um aroma raro e perfeitamente equilibrado com notas doces frutadas e um alegre frescor.
Muito utilizado na perfumaria e, também como um dos ingredientes da formulação do famoso chá inglês, o Earl Grey. Útil em diversas situações desde equilíbrio das emoções, estimula a digestão a revitalizante de pele.

Nomenclatura Botânica: Citrus aurantium bergamia
Família Botânica: Rutaceae
Origem: Itália
Odor: picante, refrescante e delicado com uma leve sugestão floral
Principais Componentes: Acetato de Linalila, Linalol e LimonenoCombina bem com: Cipreste, Eucalipto Globulus, Lavanda Bulgária, Limão Siciliano, Patchouli e Alecrim.
Extração: Prensagem a frio da casca dos frutos

Detalhes do produto:

Por ser um óleo essencial com os componentes principais Acetato de Linalila e Linalol, este atua em perfeita harmonia aromática e terapêutica com o óleo essencial de Lavanda Bulgária para questões de ansiedade. Seu aroma é versátil para realizar diversas combinações. Um encanto de cítrico!

Ação terapêutica:
Estimula a digestão e auxilia no combate a gases intestinais, flatulência e cólicas;
Antisséptico, podendo ser utilizado como complementar na cicatrização de feridas;
Calmante, tranquilizante e antidepressivo;
Incrementa o sistema imunológico, sendo uma ótima opção em casos de resfriado, gripe e até mesmo herpes.

Cuidados da pele:
Estimula e fortalece tecidos desvitalizados de pele, além de ser agente antioleosidade e antiacne e de estimular a pigmentação.
Associado a argila e óleos vegetais, atua como desintoxicante e tonificante, estimula e revitaliza a pele;
Um ótimo aliado no combate o excesso de oleosidade.

Aspectos emocionais:
A escolha certa para acrescentar felicidade e entusiasmo a vida, o óleo essencial de Bergamota combina notas doces frutadas com um alegre frescor;
De aroma sedativo e reconfortante, ajuda a levantar o ânimo e, por isso, indicado para casos de ansiedade, depressão, raiva e problemas relacionados com o stress;
Promove o equilíbrio das emoções, da ansiedade, da insônia e da compulsão alimentar;
Ao ser utilizado na aromatização de ambiente, cria uma atmosfera propícia para combater a inquietude e agitação, tornando o ambiente mais harmonioso.

Aspectos vibracionais:
Ajuda a personalidade a abandonar sua necessidade de estar no controle e concede forças da graça, sabedoria, compaixão, confiança e aceitação, para que dirijam a vida em vez do medo, por isso é um óleo essencial, muitas vezes, chamado de o óleo do amor próprio.

Dicas:

Prepare um Spray Aromático para uma noite de bons sonhos. Em um frasco spray, adicione 90 ml de água mineral, 10 ml de álcool de cereais e 2 gotas de óleo essencial de Bergamota, 2 gotas de óleo essencial de Lavanda Bulgária e 1 gota de óleo essencial de Patchouli. Agite e use (após 24 horas) para aromatizar o ambiente antes de dormir;
Para estimular a alegria e a sentimento de conexão, prepare um óleo de massagem diluindo 10 gotas de óleo essencial Bergamota e 10 gotas de Alecrim Verdadeiro em 100 ml de óleo vegetal a sua escolha e utilize na massagem corporal;

Prepare um perfume natural em um roll-on combinando 10 ml de óleo vegetal a sua escolha, 1 gota de óleo essencial de Cedro Atlas, 2 gotas de óleo essencial de Bergamota e 2 gotas de óleo essencial de Litsea Cubeba e se surpreenda com o dia de inspiração e energia positiva.

 

Curiosidades:

A palavra bergamota é etimologicamente deriva da palavra italiana ” bergamotto “, em última instância, de origem turca: bey armudu ou armut bey (“pêra do príncipe” ou “príncipe das peras”).
Mas o que mais encanta neste óleo essencial é seu aroma único, usado como ingrediente principal na elaboração do Earl Grey.
Um mistura de chá e aditivos que foi aromatizada com a adição de óleo essencial de Bergamota. O óleo aromático da casca é adicionado ao chá preto para dar ao Earl Grey seu sabor único. Tradicionalmente, o Earl Grey era feito a partir de chá preto, mas as empresas de chá começaram a oferecer o Earl Grey em outras variedades, como o verde ou oolong.
A mistura Earl Grey, ou “Earl Grey’s Mixture”, é considerada como tendo o nome de Charles Grey, o 2.º Conde Grey.
O 2.º Conde Grey foi diplomata e político ligado ao partido whig, de tendência liberal, tendo sido Primeiro-ministro do Reino Unido entre 1830 e 1834. Ficou conhecido como Charles Grey, até 1806, e como “Visconde Howick”, de 1806 até 1807. Grey notabilizou-se por defender a reforma do Parlamento e a Emancipação Católica. Manteve um notório caso amoroso com Georgiana Spencer Cavendish, Duquesa de Devonshire, ela mesma uma ativista política, com a qual teve uma filha – uma ancestral de Sarah, Duquesa de Iorque.
Um “Chá de Grey” é conhecido a partir da década de 1850, mas as primeiras referências publicadas a um chá “Earl Grey” são anúncios da Charlton & Co. de Jermyn Street em Londres na década de 1880.

Medidas de segurança

Se usado em doses fisiológicas e terapêuticas adequadas:
Toxicidade: não há referências encontradas na literatura pesquisada
Contraindicações: Fotossensibilizante, não se expor a luz solar depois da aplicação deste óleo.

Precauções: Manter fora do alcance de crianças e animais. Não ingerir. Não usar puro sobre a pele. Em caso de contato com os olhos e/ou mucosas lave com água em abundância. Em caso de irritação ou ingestão, suspender imediatamente o uso e procurar um médico, levando o rotulo do produto. Manter em local fresco, seco e longe da luz. Uso externo.

Principais Referências:
Atenção

Tisserand, Robert and Rodney Young. Essential Oil Safety, 2nd ed., Churchill Livingstone Elsevier, 2014;
Hoare, Joanna. Guia Completo de Aromaterapia. 1 Ed. Editora Pensamento, 2010

Os óleos essenciais são substâncias concentradas. A superdosagem pode causar dermatites e intoxicação.
A Zoe Bem Estar e Paula Siquara não se responsabilizam pelo uso indevido dos produtos aqui apresentados.
Na dúvida, siga a orientação de um Aromaterapeuta.
As informações contidas neste guia são baseadas em referências bibliográficas. Não devem substituir a avaliação médica e não tem a finalidade de recomendar tratamento.

PAULA SIQUARA

SOBRE A AUTORA

Paula Siquara é Mestre em Engenharia da Ciência dos Materiais pela UFRJ, Aromaterapeuta e Psicoterapeuta com formação no Brasil e na França. Com a Aromaterapia se encontrou podendo unir todo o seu conhecimento científico com as riquezas que nos são oferecidas pela natureza através dos Óleos Essenciais. Autora do Curso Aromas com Você que tem como objetivo multiplicar a sua paixão pelos Óleos Essenciais com conteúdo de qualidade e segurança, além é claro, com o respeito que a Aromaterapia merece! E aceitou o convite da Zoe para divulgar os conceitos de bem estar e saúde, aliados aos Óleos Essenciais.